Teahupoo impõe respeito

0
Teahupoo. Foto WSL

Sem dúvida, a etapa do Tahiti no pico de Teahupoo é uma das etapas mais desafiadoras do tour mundial. São muitas as razões mas vou apresentar três que levam a crer que Teahupoo é super importante para os atletas. Primeiro porque já se passou praticamente a metade da corrida, os principais candidatos ao título já estão desenhados, o que gera naturalmente uma certa pressão dos surfistas, tanto dos que estão em cima como os que estão em baixo da tabela, são pressões mentais diferentes mas a influência sobre os atletas,tanto do que estão na briga pelo título como os que estão na briga para não cair, é a mesma. A segunda razão se refere ao pico, Teahupoo é insano demais, são ondas grandes, perfeitas, ideais para capa de revista, mas ao mesmo tempo são ondas assustadoras, intimidadoras, ondas com buraco profundo e de um lip grosso que mete medo a qualquer um. Em terceiro lugar, o pico de Teahupoo é um dos principais desafios para atletas que estão no início no tour, que nunca surfaram ondas daquela natureza, com tanta força e imponência, surfar aquelas ondas é privilégio de poucos, então, surfista que chegou pela primeira vez, nas condições semelhantes a do dia 27, não é simples e nem fácil, é muito desafiador.

Wiliam Cardoso que o diga, com o gesto de muita coragem assumiu que teve medo e que não estava à vontade naquele mar. Achei bonita sua atitude; assumir que esteve com medo naquele momento não há nada de errado, pelo contrário um gesto de atitude e de coragem. Que, mesmo sendo um surfista tarimbado, surfando pela primeira vez naquelas ondas não teria medo?

Medo. Mas medo parece não existir no dicionário de Ítalo Ferreira. O nosso atleta do nordeste, do Rio Grande do Norte fez bonito nas ondas de Teahupoo, surfou muito! Pegou as bombas, andou no trilho, se posicionou bem profundo nos tubos, um showman Italo Ferreira mas infelizmente pegou uma pedreira muito forte, esse foi seu principal azar, sobretudo naquela bateria. Os dois descartes de Ítalo somaram pontos que ganhava qualquer bateria do dia, só para se ter a ideia do seu desempenho. Mas é isso, competição de alto nível é assim mesmo, às vezes, justo na hora em que se está mais confiante vem o destino e lhe prega uma peça. Mas é levantar a cabeça e pensar nos próximos desafios, nada de ficar remoendo o passado.

Adriano de Souza, o Mineirinho, mostrou bastante domínio daquelas cracas de Teahupoo, mostrou também bom preparo físico, está em excelente forma pois vem voltando de uma contusão, é rival duro em qualquer bateria, um excelente competidor.

Outro de destaque nessa etapa foi Caio Ibelli, com um surf bonito e preciso Caio tirou proveito de seu controle emocional e mental e se jogou nas crateras de Teahupoo conseguindo chegar até as quartas. Um excelente resultado, fruto dos dias de treino antes do início, o que acabou lhe gerando mais confiança.

Congratulações para nosso atleta de Natal, da Vila de Ponta Negra, Jadson André. Jadson fez bonito, surfou muito! Mostrou personalidade e total sintonia com aquelas ondas, ao meu ver merecia chegar junto, mas valeu. Jadson prova que é bom sim em ondas grandes e que sua experiência conta muito. Ganhou moral para crescer no decorrer do ano.

Gabriel Medina só tem a agradecer nessa etapa, por mais que não tenha vencido nem conquistado a camisa amarela foi pra final e provou mais uma vez que Teahupoo naquelas condições é quase invencível, quase. Que o diga Owen Wright, surfista de muito talento, que conhece bem o pico e entuba como ninguém, mereceu a vitória. Gabriel Medina está muito bem, obrigado, metade da corrida e ele vem chegando com muita força. Segundo seu histórico no tour a tendência agora, a partir do segundo semestre é que seu desempenho venha cada vez mais a crescer, não vai demorar muito para que ele conquiste a amarelinha que tanto merece.

A etapa do Tati vai deixar saudades e já ficou na história, foi show de tubos, muita emoção e adrenalina, os atletas deram espetáculo e o mar correspondeu à altura, que venha a piscina.

Por Gustavo Batalha.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here